Festa de São João à la Gregory House

Bolei brabão ontem, dia de São João.
Fui à Catedral participar da Santa Missa, presidida pelo Arcebispo Metropolitano de Niterói Dom Alano, com Izabella.
Chegamos lá e tava abarrotada de gente. Ficamos em pé na entrada da igreja.

Começou a celebração, belíssima por sinal. Na proclamação do Evangelho eu comecei a me sentir mal, enjoo, ânsia de vômito… achei que era “culpa” do cheiro dos quitutes juninos que eram preparados bem próximo a porta da igreja.

Quando o enjoo começou a ficar insuportável, cochichei no ouvido de Izabella, que estava na minha frente, que eu ia sair porque estava passando muito mal… segurei na mão dela e comecei a abrir caminho entre as pessoas que estavam atrás de nós…

Assim que eu pisei fora da igreja tudo começou a rodar, então tentei apressar o passo para conseguir me encostar na parede do lado de fora, ao lado da porta. Só que havia muita gente… foi eu encostar na parede que tudo ficou escuro.

O que lembro depois disso é que eu estava sendo carregado, ou arrastado. Lembro também que a pessoa me segurava com bastante força e quando me liguei que estava sendo carregado pensei: “Caraca, Izabella é fortona!” rs Era um rapaz de preto. Depois nem consegui agradecê-lo por ter ajudado. Rezei por ele, que Deus o abençoe.

Fui levado para uma caminhonete da Defesa Civil. Não havia ambulâncias na festa… o bombeiro que nos acompanhou até perguntou se queríamos que ele chamasse uma para fazer o atendimento.  Nessa hora Izabella já havia ligado para o pai dela, que foi prontamente nos buscar.

Izabella disse que eu ia desabar, na hora do desmaio, num monte de lixo. Curioso, acho que apaguei bem antes, porque o que eu me lembro é de que havia um casal um pouco a frente de onde eu encostei na parede.
Quando fui melhorando, fiquei com uma dor de cabeça esquisita, com algumas pontadas, gases e algo parecido com dor de barriga.

Aos poucos eu vou lembrando de situações parecidas. Essa foi a segunda vez que desmaiei desta forma. A primeira foi em 2004, na produtora em que eu trabalhava na época. Algumas vezes depois eu senti algo parecido, mas não cheguei a apagar. Vinha o enjoo, a ânsia de vômito e a tonteira… fiquei preocupado.

Vou marcar uma consulta no médico para tentar ter noção do que possa ter acontecido…

Alguém tem o telefone do House?

Anúncios

~ por Marcelo Rezende em 25/06/2009.

3 Respostas to “Festa de São João à la Gregory House”

  1. Caramba… vc tá melhor? Já foi ao médico? Eu tenho sintomas parecidos desde a infância pq minha pressão é naturalmente baixa e às vezes tenho hipoglicemia. A combinação dos dois causa um desmaio (ou quase desmaio) repentino, assim. Se cuida! Beijos

  2. Vai no médico mesmo Marcelão!
    Saúde é essencial!
    Melhoras irmão!
    abs!

  3. marca o médico e conta pra gente… fico na torcida para não ser nada demais… tipo pressão baixa. abs

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: